O Gregorute está Erradíssimo: Deus Ouve a Oração de Pecador?

                                  Um ouvinte da cadeia de rádio do “suposto” Apostolo Alessandro Gregorute, me fez a seguinte pergunta: “Pastor, Deus ouve a Oração de Pecador?”. Retruquei: Porventura você conhece alguém que não tenha pecado de algum modo?.   
  Esse mesmo ouvinte fez questão que mostrasse na Bìiiibliaaaa, na Biiiiblia no Novo Testamento, só no Novo Testamento, se Deus ouvia a oração do Pecador. De imediato falei pra ele que não se pode confundir o Antigo Testamento com a Lei de Moisés como faz com freqüência o suposto apostolo, pois a Graça de Deus foi manifesta a Humaindade desde do Éden (Gn. 3:15) e alguns personagens famosos como Davi e Sansão usufruíram da Graça no tempo da Lei, pois o Velho Testamento complementa o Novo Testamento.
                               E afinal de contas Jesus PREGOU O Antigo Testamento e não o Novo Testamento, quando observamos o Novo Testamento com mais atenção , ele trata das mesma coisas do Antigo, só que com mais clareza e profundidade.

Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir.
Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til jamais passará da lei, sem que tudo seja cumprido.
Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.
Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.
Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo.
Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno. 

                           Falei pra ele que o suposta apostolo o qual ele ouvia com freqüência estava tão caolho como aquele que ele condenava. Mas tive que atender ao pedido conforme o desejo dele, usei algumas referencias do Novo Testamento mesmo sabendo que toda Escritura é apta para ensinar... (1 Tm. 3:16) Decidi também colocar na Internet porque muitos dos fãs do suposto apostolo precisam saber um pouquinho mais da Bíblia para não se deixar levar por condutores cegos. Também para vacina meu rebanho para que não se deixar levar por condutores cegos e hereges que destilam toda sorte de heresia na internet, no rádio e na TV.  

I – Uma Lição na 1ª Carta de S.João, o teólogo
II – Parábola da Oração do Publicano e do Fariseu
III – A Cura de um Paralitico Pecador
IV- O Ladrão da Cruz

I – Uma Lição na 1ª Carta de S. João, o Teólogo


Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós. 1 João 1:7-10



Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós... Será que há verdade no suposto apostolo? Será que ele não tem pecado? Será que ele não peca? E quando blasfema contra o Espírito Santo atribuindo os Milagres na Igreja mundial e na Universal ao Diabo, quando nenhum milagre do mesmo porte acontece dentro de sua igreja, será que ele não está pecando?  
                              A Primeira coisa que temos que fazer quando formos orar é pedir perdão por nossos pecados, e se converter usando todos os recursos para abandonar a pratica do pecado.



II- A Oração do Publicano e do Fariseu

E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:
Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano.
O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano.
Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.
O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!
Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.
Lucas 18:9-14


                                Qual oração agradou a Deus? Porventura foi a oração do falso religioso que não confessava seus pecados? Ou foi a oração do Publicano que confessava seus pecados e estava arrependido?
                                Pois estou certo que Deus ouve muito mais oração de pecadores arrependidos do que as orações de alguns supostos apóstolos que se apresentam como santarrões, escondendo pecadões, exibindo uma falsa santidade e sabedoria da bíblia.


III – O Paralitico Pecador


E, entrando no barco, passou para o outro lado, e chegou à sua cidade. E eis que lhe trouxeram um paralítico, deitado numa cama.
E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.
E eis que alguns dos escribas diziam entre si: Ele blasfema.
Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse: Por que pensais mal em vossos corações?
Pois, qual é mais fácil? dizer: Perdoados te são os teus pecados; ou dizer: Levanta-te e anda?
Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados (disse então ao paralítico): Levanta-te, toma a tua cama, e vai para tua casa.
E, levantando-se, foi para sua casa.
E a multidão, vendo isto, maravilhou-se, e glorificou a Deus, que dera tal poder aos homens.
Mateus 9:1-8


E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo, perdoados te são os teus pecados.
Mateus 9:1-2

                           Alguns escribas e fariseus do mesmo tipo de alguns supostos apóstolos atuais disseram: “Ele (Jesus) blasfema. Pois se depender de muitos apostolo falsos, muitos paralíticos vão continuar paralíticos, cegos vão continuar cegos....  

Ora se Jesus perdoou o pecado do Paralitico , e em seguida curou o mesmo,  haveria algum doente que não tivesse pecado para Jesus curar? Ou será que Jesus só curava quem não tinha pecado? E o que dizer da mulher do fluxo de sangue que tocou nas orlas de suas vestes quando violou a Lei?


IV – O Ladrão da Cruz


E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.
Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?
E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.
E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim,
quando entrares no teu reino.
E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.
Lucas 23:38-43

                             Pergunto; Jesus ouviu ou não a oração daquele pecador? A resposta é sim, ouviu. Será que Jesus não vai ouvir a sua oração quando você pecar e se arrepender genuinamente?
                             O Evangelista Lucas afirma que os dois ladrões eram malfeitores (pecadores) e blasfemavam contra o Cristo ainda estando na cruz, ao lado dele. Todavia, um deles ao longo do debate se convenceu que Jesus, era o Cristo e o Salvador do mundo, com o poder de levá-lo ao paraíso mesmo diante daquela situação, tamanha era a fé daquele pecador.  
                             Ora, se no lugar de Cristo estivesse alguns apóstolos de hoje, com toda a certeza mandaria aquele ladrão para os quintos dos infernos. Mas graças a Deus era Jesus, o sabedor de todas as coisas, aquele que pregava a Bíblia por completo, aquele que ama o pecador e odeia o pecado.

                                      Diante de tais passagens bíblicas advirto aos leitores desse site,  e aqueles que dão credito as pregações do Gregorute que ele erra muitas vezes em seus ensinos, justamente por não conhecer a Bíblia toda, apenas parte dela, aliás, ele não conhece nem se quer o Novo testamento, pois e conhecesse não cometeria tal erro tão bárbaro. Ele não está habilitado para exerce o cargo de apostolo.

                             Não precisei citar passagens do Antigo Testamento para desmontar essa heresia que o Gregorute prega, dizendo que Deus não ouve oração de pecador. Nem citei exemplos de Vida como de Paulo antes perseguidor de cristão, depois cristão perseguido. A Vida de Davi e Jacó cheia de altos e baixos. E tantos outros personagens da Bíblia. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

Alessandro Gregorute é Apostolo? Ou Um Pastor que sem querer prega Heresias?

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU