Pastor cria polêmica ao orientar pais a espancarem filhos afeminados



Por Dan Martins em 6 de maio de 2012 
Tags: 
Um sermão do pastor Sean Harris, da igreja Batista Bereana, em Fayetteville, no estado norte-americano da Carolina do Norte, causou uma grande polêmica e reações de indignação entre os homossexuais.
Durante sua pregação, Harris orientava os fiéis a agredirem com socos seus filhos que apresentassem comportamentos que parecessem gays. Trechos dessa pregação foram parar na internet e se espalharam pela internet. Muitos sites e blogs que reproduziram trechos da pregação condenaram a atitude do religioso, principalmente entre a comunidade LGBT.
O motivo das declarações do pastor é o fato de que o estado da Carolina do Norte deve votar em breve a legalização do casamento gay.
De acordo com o Inquisitr, o pastor se justificou, em um programa de rádio, afirmando que suas palavras foram tiradas do contexto. Porém, ele admitiu: “Sei que aquelas não foram as melhores palavras. Se eu repetisse tudo de novo, escolheria outras palavras”.
Afirmando que seu objetivo era defender “a importância da distinção de gêneros criada por Deus”, Harris completou dizendo: “Eu não disse que as crianças devem apanhar. (…) Não disse nada com intenção de ofender os membros da comunidade GLBT. Minha intenção era apenas comunicar a verdade da palavra de Deus sobre o casamento”.
Fonte: Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

GUERRA NA LÍBIA: IMAGENS E VÍDEOS FALAM POR SI