Jesus conversava com os Demônios?



“E também de muitos saíam os demônios, clamando e dizendo: Tu és o Cristo, o Filho de Deus. E ele, repreendendo-os, não os deixava falar, pois sabiam que ele era o Cristo” (Lc 4: 41)
 
                                            Em tudo temos que seguir o exemplo de Cristo, pois Ele é o modelo perfeito e nosso alvo. De muitos Ele expulsava os demônios, eles não os entrevistava, nem doutrinava estes espíritos, não perdia tempo com os demônios querendo provar que ele é deus ou coisa semelhante. De imediato Ele repreendia os demônios, não deixava os demônios falarem. Façamos o mesmo expulsemos os demônios sem deixar que eles falem alguma coisa, ouçamos O Espírito Santo falar através de seus vasos devidamente usados por Deus. Que são capazes de apontar os erros e falhas da igreja sem ferir a ninguém, tiram espinhos sem machucar.

                                 Estava Jesus numa Sinagoga em Cafarnaum quando um demônio se manifestou num homem dizendo:

“Ah! Que temos contigo Jesus nazareno? Vieste nos destruir? Bem sei quem és: o Santo de Deus. E repreendendo-o Jesus, dizendo: Cala-te, e sai dele ” 
(Mc. 1: 24,25)

                                           Jesus não abria espaço para os demônios nos cultos, nas reuniões. Como seguidores de Cristo seguimos o seu exemplo. A única ocasião que encontramos um breve diálogo entre Cristo e os demônios, é limitado a três falas breves de Cristo:

1ª Fala: Sai Espírito Imundo... (Mc.5:8)- Eles queriam sair dos dois homens (Mt. 8:28) porém não queriam sair daquela província e por isso resistiam (Mc. 5:10) Notamos aqui que as vezes expulsamos os demônios das pessoas, e esquecemos de expulsa-lo dos lugares onde se encontram para tomar posse de pessoas. Os demônios pediram permissão a Cristo para permanecerem naquela cidade e Jesus permitiu (Mc. 5: 10-13) porque o povo daquela cidade estavam mais interessados nos porcos, do no Poder Libertador de Cristo, e expulsaram Jesus daquele lugar (Mt. 8: 33) Dalmanuta dependia economicamente do comercio de porcos, Jesus deu um prejuízo tremendo num dia lançando milhares de porcos no abismo das águas. Os moradores revoltados expulsaram Jesus daquele lugar.

2ª Fala: Qual é o teu nome? (Lc 8: 30) Responderam: Legião, porque somos muitos!  Para identificar a Hoste Maligna porque eram muitas. Os soldados romanos quando separados em legiões, cada legião continha milhares de soldados, essa quantia variava entre 1.000 e 6.000 soldados, os demônios se identificaram como ‘Legião’, eram muitos.   

3ª Fala: Pois ide (Mt. 8: 32) Jesus permitiu que os demônios saíssem dos dois homens e entrassem nos porcos, não perguntou nada acerca da província, o que eles faziam com aqueles homens nos sepulcros, não colheu nenhuma informação de pessoas ou do lugar com os demônios.

                                      Os demônios saíram dos dois homens, um deles foi encontrado em perfeito estado ouvindo a Palavra de Jesus e queria segui-lo, Jesus pediu para que Ele permanecesse naquele lugar, pelo que parece ele abriu uma igreja ali e ganhou muitas almas para Jesus, quem sabe tornara-se um Pastor (Lc 8: 35-39)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

Curiosidades sobre Otavio César Augusto