Produtor de Harry Potter prepara filme que mistura a história do nascimento de Jesus com monstros


A Warner adquiriu os direitos de adaptação para o cinema do livro Unholy Night (Noite Infeliz), de Seth Grahame-Smith. O livro conta a história do nascimento de Jesus de uma forma polêmica e traz os três reis magos como personagens principais.
Grahame- Smith

Grahame-Smith é autor dos livros “Orgulho e Preconceito e Zumbis”, “Razão e Sensibilidade e Monstros Marinhos” e “Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros”. Uma das principais características literárias do autor é o uso de criaturas mitológicas e monstros em suas estórias.
Unholy Night contará a história do nascimento de Jesus sob a perspectiva dos três reis magos, que no livro são na verdade “ladrões conhecidos, liderados pelo assassino Baltazar. Após uma fuga ousada da prisão de Herodes, eles se deparam com a famosa manjedoura e um rei recém-nascido”, segundo a descrição do livro na Amazon de conta também que nessa estória “a última coisa que Baltazar esperava é ser envolver com os jovens José e Maria, e o bebê do casal. Mas quando os soldados de Herodes começam matar os meninos nascido na Judéia, Baltazar e os reis não tem outra escolha a não ser ajudar aquela família a fugir para o Egito”.
“É o começo de uma aventura que vai fazê-los lutar contra criaturas mágicas e, ao longo do caminho, encontrar personagens bíblicos conhecidos como Pôncio Pilatos e João Batista. Até que, finalmente, ajudam a família de Jesus a chegar até o Egito”, conclui a descrição do livro.

Sites de cinema norte-americanos como The Film Stage e Movie Web afirmam que o filme será produzido por David Katzenberg e por David Heyman, responsável pela produção da série de filmes Harry Potter.
Fonte: Gospel+ / Jornal Gospel News

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

Jackie Evancho chegou ao 1º lugar dos tops norte-americanos após o anúncio da sua participação na Posse de Trump