Sonhos em Três Fases na Vida de José


Os Sonhos são elementos marcantes na Vida de José, dividimos em três Fases:

a)   A Fase das Promessas Divinas
b)   A Fase das Provas
c)    A Fase das Posses e Concretização das Promessas Divinas

I – A Fase das Promessas Divinas
                              Tudo começa quando José ganha a confiança de seu pai Jacó, causando um clima de ciúme e inveja entre seus irmãos, José era filho de Jacó, com Raquel, sua esposa predileta, e possuía um irmão caçula chamado Benjamim. Certo dia José teve dois sonhos, é aqui que se Inicia a Fase das Promessas Divinas na Vida e no Ministério de José destacamos os Sonhos em Três na Vida e no Ministério de José. (Gn. 37: 1-4) 
Gn. 37: 5 José teve um sonho, que contou a seus irmãos;
por isso o odiaram ainda mais.
6 Pois ele lhes disse: Ouvi, peço-vos, este sonho que tive:
7 Estávamos nós atando molhos no campo, e eis que o meu molho, levantando-se, ficou em pé; e os vossos molhos o rodeavam, e se inclinavam ao meu molho.
8 Responderam-lhe seus irmãos: Tu pois, deveras reinarás sobre nós?
 Tu deveras terás domínio sobre nós?
Por isso ainda mais o odiavam por causa dos seus sonhos e das suas palavras.
9 Teve José outro sonho, e o contou a seus irmãos, dizendo: Tive ainda outro sonho; e eis que o sol, e a lua, e onze estrelas se inclinavam perante mim.
10 Quando o contou a seu pai e a seus irmãos, repreendeu-o seu pai, e disse-lhe: Que sonho é esse que tiveste? Porventura viremos, eu e tua mãe, e teus irmãos, a inclinar-nos com o rosto em terra diante de ti?
11 Seus irmãos, pois, o invejavam; mas seu pai guardava o caso no seu coração.

 
O Feixe de José revela que o trabalho de José seria mais lucrativo do que todos os seus irmãos, a tal ponto de seus irmãos mesmo no lucro ainda assim permanecer debaixo da autoridade de José, e com uma herança bem menor do que a de José, tanto que a herança de José foi dobrada.

                                As 11 Estrelas seriam seus irmãos que brilhariam num futuro distante, porém, se inclinaria diante de José, estando sujeitos a ele. Por esse ângulo a Estrela e o Brilho de José; seria maior do que o brilho de todos eles, até mesmo superior ao brilho de Jacó (sol) e Raquel (lua), José seria uma estrela de extrema grandeza, no caso Primeiro Ministro do Egito (vice Governador).
                               Estes dois sonhos de José Marcam o fim de uma fase Vida de José e o Inicio de uma Nova Fase, a Fase das Provas, José contava 17 anos.                  As Promessas de Deus estão impetradas nestes sonhos, Deus estava revelando a José e a seus familiares o Domínio que Jose teria sobre seus irmãos, ele seria o líder maioral, o cabeça da família, mas Deus revelou apenas parte deste grande projeto na Vida e no ministério de José. As Promessas de Deus na sua vida são notáveis todos em torno de você conseguem ver, daí vêm às invejas e as tentativas de frustrar seus sonhos. Nesse caso você não pode desistir. É interessante notar que Deus não revela de imediato todos os seus planos, analisando o sonho de José entende-se que nossos sonhos são pequenos, ou apenas parte do gigantesco projeto que Deus estabeleceu para nossa Vida no presente e no futuro.


II- A Fase das Provas

                            Trata-se do Preço a ser pago para tomar Posse das Promessas Divinas, é a fase da humilhação, do preparo para tomar posse das grandes Promessas. Estas promessas não são gratuitas, exigem esforço, vontade, devoção a Deus, sinceridade, retidão e renuncia aos manjares oferecidos pela vida, (Gn. 39:10) em troca dos Deleites eterno e sadios que provem das Promessas de Deus. Deus preparou José na casa de Potifar, onde contava com bastante recurso financeiro para fazer seu Patrão Prosperar, mas, ao mesmo tempo era constante tentado, provado, sendo assediado pela esposa de Potifar, seu patrão.
                           Está fase teve inicio quando José foi traído por seus irmãos, lançado numa cisterna vazia, e logo em seguida vendido como escravo para os Ismaelitas que o conduziram ao Egito. Teve seu termino quando José foi acusado inocentemente pela esposa de Potifar de tentativa de abuso sexual, e foi conduzido ao presídio de segurança máxima no Egito (Ler Gênesis 39).
                          O Termino dessa fase vem quando José está no Cárcere e com a Prisão do Copeiro Mor e do Padeiro Mor que serviam na casa de faraó.
Gn. 40: 5 Ora, tiveram ambos um sonho, cada um seu sonho na mesma noite, cada um conforme a interpretação do seu sonho, o copeiro e o padeiro do rei do Egito, que se achavam presos no cárcere:
6 Quando José veio a eles pela manhã, viu que estavam perturbados:
7 Perguntou, pois, a esses oficiais de Faraó, que com ele estavam no cárcere da casa de seu senhor, dizendo:
Por que estão os vossos semblantes tão tristes hoje?
8 Responderam-lhe: Tivemos um sonho e ninguém há que o interprete. Pelo que lhes disse José: Porventura não pertencem a Deus as interpretações? Contai-mo, peço-vos.
9 Então contou o copeiro-mor o seu sonho a José, dizendo-lhe:
Eis que em meu sonho havia uma vide diante de mim,
10 e na vide três sarmentos; e, tendo a vide brotado, saíam as suas flores,
 e os seus cachos produziam uvas maduras.
11 O copo de Faraó estava na minha mão; e, tomando as uvas, eu as espremia no copo de Faraó e entregava o copo na mão de Faraó.
12 Então disse-lhe José: Esta é a sua interpretação:
Os três sarmentos são três dias;
13 dentro de três dias Faraó levantará a tua cabeça, e te restaurará ao teu cargo; e darás o copo de Faraó na sua mão, conforme o costume antigo,
quando eras seu copeiro.
14 Mas lembra-te de mim, quando te for bem; usa, peço-te, de compaixão para comigo e faze menção de mim a Faraó e tira-me desta casa;

                             Após a Interpretação desses Dois Sonhos, José aguardou dois anos, estava com 28 anos de idade (Compare Genesis 41: 1 com Genesis 41: 46).


III – A Fase da Posse das Promessas Divinas

                                  Esta é a Fase do Cumprimento de cada uma das Promessas de Deus, quando elas estão praticamente concluídas. Foram 13 anos para tomar posse das Promessas, José contava com 30 anos (Gn. 41: 46)
                                  A Vida no Cárcere parecia o fim da carreira da vida de José, pois a Estimava de Vida num Presídio de segurança Máxima no Egito era muito curta. Em dados momentos José possivelmente duvidou das promessas de Deus em sua vida como qualquer um de nós, mas perseverou, não desistiu de invocar ao SENHOR e confiar no Deus Todo Poderoso, entregando a ELE as suas Vontades e necessidades.

Quatro Momentos em que as Promessas de Deus foram Ameaçadas

1)     Quando estava na cisterna num deserto onde poderia morrer de fome e sede se seus irmãos o deixassem ali, sem contar que eles planejaram matá-lo Mas Deus Livrou por meio de Rubém (Gn. 37: 18-21)  .
2)    Quando foi vendido como escravo ao Ismaelitas que desciam ao Egito, pois a vida de um escravo era muito dura e difícil, o escravo morria logo devido aos maus tratos. Deus livrou da morte por meio de Potifar
3)    Quando foi acusado injustamente pela esposa de Potifar, ele poderia ser sentenciado à morte, mais uma livre por Potifar enviou pra o cárcere. (Gn. 39: 19,20)
4)    Quando lançado no Cárcere do Egito onde viviam com recursos extremamente limitados, maus tratos e péssimas condições de vida, resultando numa morte lenta, mas de curta duração de vida. Porém o diretor do Presídio nomeou José como seu subgerente, e José gozou de regalias.  (Gn. 39: 21,22)
                            Todavia aquele que é Fiel ao SENHOR não morre antes das Promessas de Deus se cumprir, a menos que seja Infiel.  E Deus sempre envia pessoa para ajudar aos seus servos queridos.
                      Passado dois anos após a interpretação dois sonhos, um do Padeiro-mor e do sonho do Copeiro-mor (Gn. 41:1) Com a Morte do padeiro-mor e o restabelecimento das atividades do Copeiro-mor. Agora Faraó tem dois sonhos em apenas uma noite.
                     É interessante observar que sempre são dois sonhos que anunciam mudanças radicais na vida de José. Dessa Vez não é diferente, Faraó também dois sonhos que nem ele e ninguém conseguem discernir.  
 
Gênesis 41:1- Passado dois anos inteiros,
Faraó sonhou que estava em pé junto ao rio Nilo;
2 e eis que subiam do rio sete vacas,
formosas à vista e gordas de carne, e pastavam no carriçal.
3 Após elas subiam do rio outras sete vacas, feias à vista e magras de carne;
e paravam junto às outras vacas à beira do Nilo.
4 E as vacas feias à vista e magras de carne devoravam as sete formosas à vista e gordas. Então Faraó acordou.
5 Depois dormiu e tornou a sonhar;
e eis que brotavam dum mesmo pé sete espigas cheias e boas.
6 Após elas brotavam sete espigas miúdas e queimadas do vento oriental.
7 e as espigas miúdas devoravam as sete espigas grandes e cheias. Então Faraó acordou, e eis que era um sonho.
 
                                 Lembrou-se o Copeiro-mor de José, porque ninguém podia interpretar os sonhos de Faraó. José fez a barba, se alegrou e sob a direção de Deus foi conduzido até. Deus deu a interpretação dos sonhos a José, desvendou o Enigma mostrou o problema e a solução, a maneira que discorreu com sabedoria divina impressionou a faraó, que logo decidiu nomear José como Primeiro Ministro do Egito.
                                 Assim as Promessas de Deus foram se cumprindo na Vida e no Ministério de José e ele tomou posse de todas elas.
                                Com o passar do tempo seu irmãos vieram ao Egito para comprar alimento e como feixes se prostraram diante de José. E a estrela de José brilhou muito mais do que a de todos seus irmãos, por que Deus honrou muito a José na terra. 



Tu És o meu Senhor - José o Rei dos Sonhos - HD por musicasdocinema no Videolog.tv.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

Curiosidades sobre Otavio César Augusto