As Finalidades do Poder e da Autoridade de Cristo doada aos Apóstolos:


As Finalidades do Poder e da Autoridade de Cristo doada aos Apóstolos:
 
- Com este Poder (virtude) e Autoridade sobre Todos os Demônios sejam eles caboclos, guias e orixás, ficaram debaixo da autoridade dos Apóstolos, obrigados a obedecer-lhes. - O Revestimento de Poder e Autoridade serviam ainda para Curar toda sorte de Enfermidade.
- Enviados com Poder e Autoridade para Pregar o Reino e de Deus
- A Missão de Curar os Enfermos com Poder e Autoridade

Lc. 9: 3 – Nada leveis convosco para o caminho... Muitos confundem essa passagem acreditando ser o Ministro d Evangelho um pobre desgraçado que nada possui nem bordões, alforge, nem pão, nem dinheiro, nem vestes. É preciso lembrar que pouco antes da crucificação Jesus passou a recomendar a levar tudo isso até espada (Lc. 22: 35-38) O fato de não levar nada disso indica que Deus há de suprir todas as coisas necessárias para a Missão. (Lc. 22: 35) Após a Crucificação Jesus recomenda se prevenir, fazer a viagem prevenido caso tenha possibilidade, para que possa alcançar o maior numero de alma possível.   

Lc. 9: 4 – E, em qualquer Cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno e hospedai-vos ai até que vos retireis. (Mt. 10: 11) Não importar o lugar onde a missão vai ser desenvolvida seja uma simples aldeia de pequeno porte ou uma Cidade de grande porte, o Evangelho abrange qualquer lugar. Cabe ao missionário escolher uma residência para permanecer até a partida para não fica perambulando aqui e ali, e evitar dissensões entre os hospedeiros. A Casa aonde o missionário vai se hospedar precisar ser de boa reputação.   
 
Lc. 9: 5 – E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudí o pó dos vossos pés. (Mt. 10: 14). O Ato de sacudi a poeira dos pés é um sinal de testemunho contra eles (Lc. 9: 5). Os Judeus faziam esse ritual quando saiam das cidades gentílicas considerando-as indignas do Reino de Deus por causa de sua incredulidade, idolatrias e pecados. Essa atitude causava impacto e convidava a reflexão.  Agora Jesus orienta os Gentios a fazer o mesmo com os Judeus, quando sair de suas cidades. Relações cortadas, tipo: Se morrer em condenação não tenho culpa.  

Lc. 9: 6 – E Saindo eles, percorreram todas as aldeias, anunciando o Evangelho e fazendo curas por toda a parte. Pregavam ao povo que se arrependesse (Mc. 6: 12). 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

MESMO CONDENADO LULA AINDA PODE SER CANDIDATO A PRESIDENTE