Postagens

Mostrando postagens de Outubro 20, 2013

Estréia da série “A Bíblia” coloca Rede Record na vice-liderança de audiência no horário; assista vídeo

Imagem
A série de TV “A Bíblia”, que figurou por diversas vezes na lista de programas mais assistidos nos Estados Unidos, estreou na última quarta feira (16) na Rede Record. A estreia da série norte-americana, que substituiu a produção nacional “José do Egito”, garantiu o segundo lugar em audiência para a emissora. De acordo com o site especializado em TV, Na Telinha, a produção teve uma média de 13 pontos com picos de 15 e isolou a emissora do bispo Edir Macedo na vice-liderança no ranking do Ibope. Na frente da Record, no horário, ficou a Rede Globo com uma média de 21,7 pontos. Em terceiro lugar figurou o SBT com 7,5 pontos, seguido pela Band com 3,9 pontos. Os índices de audiência do Ibope são baseados na preferência de um grupo de telespectadores na Grande São Paulo, e cada ponto equivale a 62 mil domicílios sintonizados. A série, produzida originalmente pelo History Channel e produzida pelos cristãos Mark Burnett, e Roma Downey, conta em dez episódios que ilustram importantes momentos …

Shaw Warren, pesquisador do Massachusetts General Hospital, defende que o uso de ratos como modelo para o estudo de doenças fez com que cientistas desperdiçassem bilhões de dólares em provas erradas

Imagem
Evan McGlinn/The New York Times Shaw Warren, pesquisador do Massachusetts General Hospital, defende que o uso de ratos como modelo para o estudo de doenças fez com que cientistas desperdiçassem bilhões de dólares em provas erradas
Durante décadas, ratos foram as espécies mais indicadas para o estudo de doenças humanas. Mas agora pesquisadores revelam provas de que esta escolha pode ter sido enganosa por pelo menos três grandes responsáveis por mortes humanas - septicemia queimaduras e traumas. Como resultado, eles disseram que anos e bilhões de dólares foram desperdiçados por pistas falsas. O estudo não significa que os ratos são modelos inúteis para todas as doenças humanas, mas seus autores disseram que levantam sérias questões a respeito de doenças que envolvem o sistema imunológico, incluindo câncer e doenças cardíacas. "Nosso artigo levanta pelo menos a possibilidade de que uma situação paralela pode estar presente", disse o Dr. H. Shaw Warren, um pesquisador de sepse n…

Estudo questiona eficiência do uso de ratos em testes médicos

Imagem
Evan McGlinn/The New York Times Shaw Warren, pesquisador do Massachusetts General Hospital, defende que o uso de ratos como modelo para o estudo de doenças fez com que cientistas desperdiçassem bilhões de dólares em provas erradas Durante décadas, ratos foram as espécies mais indicadas para o estudo de doenças humanas. Mas agora pesquisadores revelam provas de que esta escolha pode ter sido enganosa por pelo menos três grandes responsáveis por mortes humanas - septicemia queimaduras e traumas. Como resultado, eles disseram que anos e bilhões de dólares foram desperdiçados por pistas falsas. O estudo não significa que os ratos são modelos inúteis para todas as doenças humanas, mas seus autores disseram que levantam sérias questões a respeito de doenças que envolvem o sistema imunológico, incluindo câncer e doenças cardíacas. "Nosso artigo levanta pelo menos a possibilidade de que uma situação paralela pode estar presente", disse o Dr. H. Shaw Warren, um pesquisador de sepse n…

UE proibe venda de cosméticos com ingredientes testados em animais

Medida amplia proibição anterior e determina que nenhum produto com ingredientes testados em animais poderá ser vendido na União Europeia a partir desta segunda-feira (11) A União Europeia baniu a venda de novos cosméticos contendo ingredientes testados em animais, com efeito imediato nesta segunda-feira (11). Os grupos de defesa dos animais comemoraram a medida, mas representantes da indústria, que movimenta cerca de R$80 bilhões, afirmou que a proibição frearia a inovação do setor. Além disso, embora a proibição vá salvar a medida de milhares de animais como cachorros, coelhos e porcos-da-índia, os efeitos para o consumidor não serão imediatamente notados, porque os produtos que contêm ingredientes que foram testados em animais antes da medida continuarão à venda. A Comisssão Europeia afirmou que a decisão "está alinhada com o que muitos cidadãos europeus acreditam: que o desenvolvimento de produtos cosméticos não precisa ser feito com testes em animais". O bloco econômico…

Testes com Animais são importante para a Ciência?

Imagem
Coordenador do conselho que regula o setor defende por que os testes são importantes para a ciência; ativistas protestam exibindo vídeos de sofrimento animal A recente invasão do Instituto Royal, em São Roque (SP), para a libertação de cães da raça beagle reabriu o debate em torno da experiência com animais. Para atuar no setor, as empresas devem seguir as normas do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea), órgão integrante do Ministério da Ciência e Tecnologia e responsável pela formulação de normas relativas à utilização de animais com finalidade de ensino e pesquisa científica. Conheça a nova home do Último Segundo Para o órgão, os testes de medicamentos em animais são importantes para prevenir riscos de reação e ainda não há métodos alternativos eficazes para eliminá-los. “Precisamos ter segurança para que a população use medicamentos. Por isso, vários tipos de animais são utilizados quando uma molécula ou medicamento é descoberto", defende Marcelo Mora…