Datafolha divulga dados que revelam rejeição de eleitores a candidatos apoiados por igrejas


Uma pesquisa realizada pelo instituto Datafolha revelou que o envolvimento das igrejas com a política e o apoio de líderes religiosos a candidatos não é bem vista pelo eleitorado.
As informações foram publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo no último domingo, 30/09. A pesquisa, motivada pela polêmica entre o candidato a prefeito de São Paulo, Celso Russomano, e a Igreja Católica, contrária à aliança política entre o candidato do PRB e a Igreja Universal, questionou aos eleitores se eles votariam num candidato apoiado por uma das instituições.



A ampla maioria dos participantes do levantamento afirmou que não votariam num candidato que recebesse apoio dessas igrejas, sendo que a maior taxa de rejeição, 70%, foi registrada para a hipótese de apoio da Igreja Universal do Reino de Deus. Um suposto candidato apoiado pela Igreja Católica teria rejeição de 57% dos pesquisados.
Recentemente a Arquidiocese de São Paulo divulgou uma nota em que afirma que a vitória de um candidato apoiado por uma instituição religiosa seria uma “ameaça à democracia”, de acordo com informações do portal Terra.
A mesma pesquisa do Datafolha revelou que 37% dos eleitores paulistanos acreditam que Russomano é apoiado pela Igreja Universal. O partido do candidato possui entre seus principais líderes, pastores e bispos da IURD.


Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

Jackie Evancho chegou ao 1º lugar dos tops norte-americanos após o anúncio da sua participação na Posse de Trump