Tanque de Betesda: Porque Jesus Curou apenas Um?


Depois disto havia uma festa entre os judeus,
e Jesus subiu a Jerusalém.
Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres.
Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água.
Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse.
E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos,
se achava enfermo. 
João 5:1-5

  
                                 O Tanque de Betesda esporadicamente recebia a visita de um anjo da parte de Deus que revolvia as águas, e de fato, aquele que primeiro acessasse o interior do Tanque aquele momento seria curado. A Vista desse anjo era uma resposta á Fé de pessoas.
                                   O Tanque estava localiza-se perto da Entrada das ovelhas, era um hábito as pessoas se hospedarem em torno desse tanque para receber Curas de Enfermidades. Entre eles alguns acreditavam no anjo, outros em Deus, outros no tanque...
                                   Notamos em torno do tanque vários tipos de pessoas, alguns trapaceiam, tanto é que o paralitico jazia no local há 38 anos. Outros não se compadecem da dor dos outros, apenas pensa em si, na sua dor, ignorando a situação dos demais. Havia descaso com o outro, e assim em diante.
                                   Aquele paralítico possuía uma característica especial, que talvez fizesse dele a única pessoa realmente merecedora do milagre:

Perseverança: Estava ali há 38 anos não desistiu;
Fé: Sabia que seu Milagre viria de uma forma ou de outra;
Determinação: Ficava a beira do Tanque mesmo diante de grande concorrência;
Honesto: Aguardava a sua vez, não trapaceava;
Longânime: Não reclamava da longa espera do milagre, quando Cristo chegou o local não encontrou o mesmo murmurando;
Benigno: Assistindo o milagre dos outros não invejava, não deseja mal ..,
                                   Entre outras qualidades que fazia dele uma pessoa diferente das demais, a tal ponto de Cristo aproximar-se dele, ignorando e sendo ignorado pelos demais. Note que quando Jesus curou aquele paralitico os demais por uma razão ou por outra continuaram à espera do anjo do milagre no tanque.  E não clamaram a Jesus por um milagre, quando Cristo poderia curar a todos de uma só vez. Não há registro de que outro enfermo alojado em torno do tanque de Betesda tenha solicitado Cura, Milagre à Cristo. Aliás, não há nem dialogo registrado entre Cristo e os demais no tanque de Betesda.
                                   Pergunto como estando ali aquele homem 38 anos paralitico e de repente se levanta, e ninguém atenta para aquele que realizou a cura e nem atenta para aquele que foi curado? Você acha que se alguém ali, além daquele paralitico, implorando uma cura Jesus não realizaria? Ali não aconteceu milagre porque ninguém invocou a Jesus em busca de Cura.
                                   Ora o que impediria Cristo de curar a todos no Tanque de Betesta? Não seria maravilhosa a visão, contemplar toda aquela gente saindo curada do tanque de Betesda por meio da fé em Jesus?
                                   O Problema é que a fé daquela gente estava no anjo que descia e agitava as águas, inclusive, não temos mais relato que um anjo tenha descido e realizado alguma cura depois que Jesus curou aquele paralitico.
                                   ÀS vezes as pessoas concentram a sua na direção errada, na pessoa errada, na coisa errada, e por essa razão não alcança a sua benção.
                                   O Homem esperava o anjo no Tanque, mas Jesus surpreende.

E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?
O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.
Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda. 
João 5:5-8

                        Notamos neste episodio, como em outros a preocupação de Cristo com pessoas que padecem necessidade, e sem amparo. Ele vem para dá força e poder, além de mudar a história e situação. Desta feita ele levantou o caído em todos os sentidos, aquele paralítico que jazera há 38 anos sem andar, impossibilitado, e faz com que ele pegue a Cama e retorne para sua casa. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

GUERRA NA LÍBIA: IMAGENS E VÍDEOS FALAM POR SI