Infância e Juventude de Cristo



           
                          A Cidade onde Jesus nasceu foi Belém, todavia foi criado em Nazaré, lá em Nazaré ele passou sua infância e juventude (Lc 4: 16). Justamente por esse fato os moradores de Nazaré ficaram com dificuldade de Crer Nele.

Ali em Nazaré desenvolveu juntamente com José o oficio de Carpinteiro, aquele que trabalha com obras pesadas de madeira, serviço rústico e difícil. Ao contrario do Marceneiro que desenvolve a arte na madeira, também não descarta-se do carpinteiro naquele tempo trabalhar com arte de madeira. 

                     Conforme Isaias 53:3 - Era desprezado e o mais indigno entre os homens, homem de dores, experimentado nos trabalhos... 

                                    Assim foi a adolescência de Jesus em Nazaré, o que se pode esperar de um carpinteiro com mãos calejadas, Semblante sem formosura, sem esbanjar beleza alguma?  (Is. 53:2) 

                                    Ao ver Jesus o carpinteiro Ensinando na Sinagoga, com autoridade e vasta sabedoria, ficaram espantados com a cena. Os moradores de Nazaré avaliavam o homem pela aparência e não pelo conteúdo, como muitos em nossos dias. E perguntavam entre si:
     
                 “De onde lhe vem essas coisas? Pois em Nazaré não se ensinava estas coisas, nunca se viu feitos dessa natureza lá, por isso eles estranhavam

                        E que Sabedoria é esta que lhe foi dada?...” Assistindo os Milagres realizados com o simples toque das mãos calejadas de Jesus como cego enxergando, paralítico andando, mudo e surdo falando e ouvindo entre outros grandes feitos tornavam a perguntar: E como se fazem tais Maravilhas por suas Mãos? (Mc. 6: 2) 

                      O Carpinteiro conhecido por seu trabalho pesado entre todos, fabricava arados, existe contos que ele fabricou a primeira mesa com cadeiras. Filho de José e Maria, criado ao lado de seus irmãos Tiago (Gl. 1: 19) José, Judas e Simão (At. 1: 14). Jesus foi criado com irmãs (Mt. 13: 56) Os Nazarenos não se conformavam com aquilo que viam, “E escandalizam-se Nele” (Mc. 6:3). 

                               O Fato dos Nazarenos acompanharem a Infância e Adolescência de Cristo, não ajudou no crescimento da fé deles em Jesus, pelo contrário atrapalhou muito. Eles não encararavam Jesus como Filho de Deus (Jo. 6: 42). Jesus reconheceu o problema e declarou:

“Não há Profeta sem Honra, senão na sua terra, entre os seus parentes e na sua casa” (Mc. 6: 4).

     Três Áreas onde o Profeta não é honrado:

1.     Na sua Terra 
2.     Na sua Parentela
3.     Na sua Casa

                           Os Irmãos carnais de Jesus

                            Os irmãos de Jesus não criam Nele (Jo. 7:3-5) São apresentados como convertidos depois Ressurreição de Cristo (At. 1: 14).  Confira Miquéias 7:6. As Primeiras barreiras rompidas pelo ministério de Jesus começaram na sua terra, parentela e na sua casa. Diante disso Jesus não se intimidou avançou pregando o Evangelho e obteve êxito. 

                                       A Incredulidade dos Nazarenos impediram Jesus de Realizar mais milagres na Cidade, com o passar do tempo o Mestre se viu forçado a mudar de Cidade porque foi expulso de Nazaré. (Mc. 6: 5,6/ Lc. 4: 29). Foi morar em Cafarnaum. (Mt. 4: 13) 

A Família de Jesus
              
                                   Neste texto sagrado encontramos citados os nomes dos irmãos de Jesus Tiago, Judas, José e Simão. Há também irmãs. Isso denota que a família de Jesus era normal como qualquer família. Maria e José não estavam impedidos de gerar filhos e seguir uma vida natural como qualquer família. 


                               O Povo de Nazaré acompanhou a infância e a juventude de Cristo, também acompanhou os seus trabalhos ao lado de José, seu pai, não biológico. Testemunharam Cristo com José cortando árvores com grandes esforços, e transportar grandes troncos da floresta para a carpintaria. Embora se entenda que a função de carpinteiro naquele tempo trabalhava com metais, fabricando ferramentas. Seja com madeira ou metais Jesus como qualquer carpinteiro de seu tempo fabricou cadeiras, mesas, mobílias diversas, rodas, carroças entre outros implementos agrícolas. Segundo Justino Mártir (160 d.C.) alguns procuravam objetos fabricados por Jesus, o Cristo, quando carpinteiro. 

                           Era difícil o povo de Nazaré crer nos milagres de Jesus por avaliá-lo como homem rústico, pobre, sofrido de trabalho pesado, geralmente visto como pessoa inculta e ignorante em vários aspectos. 
                                  De repente se deparam com aquele homem sem parecer nem formosura, de trabalho pesado e rústico com suas mãos realizando feitos impossíveis para um homem comum, pregando as Escrituras com unção e autoridade, que nenhum fariseu ou escriba versado na Lei seria capaz. Neste caso duvidam de seus feitos e de sua capacidade. Eles conheciam Jesus apenas como Homem e não como o Filho de Deus enviado do céu para salva-los da perdição (Jo. 6: 42).



Letra do Hino: Quase Morri (Marcos Antonio) 


Eu vivi dentro de um calabouço,
Aprisionado sem poder sair
Para mim era o fim do mundo,
A vontade era sair dali.
O inimigo fez de tudo,
Pra minha vida acabar,
Mas apareceu um homem,
Que estendeu a mão para mim ajudar.
(refrão)
Foi jesus o nazareno, foi Jesus o filho de Deus,
Foi jesus o carpinteiro que me amou primeiro e a vida me deu. (bis)
O meu coração batia forte,
Como quem diz é o fim,
Pensei tudo estar perdido
Não aparece um amigo que tenha pena de mim,
Mas quando eu estava chorando,
Ouvi alguém falando, me dizer-me assim,
Não temas eu estou contigo,
Sou eu teu amigo e vou te fazer feliz.
(refrão)
Foi Jesus o nazareno...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

Curiosidades sobre Otavio César Augusto