O Outro Evangelho- Parte II


“Mas, ainda que nós, ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue Evangelho que vá além do que vos temos pregado, seja anátema”. (Gálatas 1:8)

           Mas, ainda que nós... Como já foi dito anteriormente o próprio Paulo já dispensa lançar um Evangelho, embora ele tenha bagagem para isso, mas dispensa. Paulo descarta ainda a possibilidade de ser feito outro Evangelho, até mesmo por um ou mais dos discípulos de Jesus, como Pedro, Filipe, Tomé, Barnabé, Tiago, Maria Madalena ou qualquer outro. Naquele tempo já havia um consenso para ninguém mais escrever outro Evangelho além de Mateus, Marcos, Lucas e João, para que não houvesse confusão.
           Ou mesmo Anjo vindo céu vos pregue Evangelho que vá além do que vos tenho pregado... Nem mesmo os Anjos seriam aceitos pela Igreja de Cristo se trouxesse outro Evangelho. O Apostolo Paulo apoiado pelas lideranças da Igreja estava de acordo que nenhum Evangelho mais seria escrito nem pelos homens e nem seria revelado por anjos.

Conclusão: Em resumo a revelação de Evangelho estava encerrada desde aquele tempo.

           Seja Anátema... Seja amaldiçoadomalditoexpulso do seio da igreja, excomungado, seja reprovado. O que Mateus. Marcos, Lucas e João escreveram já eram suficientes para o alicerce da igreja e para os cristãos em qualquer tempo e lugar. Assim sendo nenhum apostolo ou discípulo de Cristo se habilitaria escrever mais algum Evangelho. Caso contrário seria excomungado, amaldiçoados, reprovados, expulsos da Igreja com seus Evangelhos. Neste caso haveria um silencio no céu e na terra acerca de outros Evangelhos não havendo mais inspiração divina (Mt. 18:18-20).
                                   O Apostolo Paulo foi enfático nesta carta aos Gálatas, quando se trata de pregação do Evangelho além dos Evangelhos apresentados. A hipótese de apresentar outro Evangelho além de Mateus, Marcos, Lucas e João, foi descartada desde no inicio da igreja Cristã. Veja alguns motivos e finalidades de cada Evangelho Sagrado.

- Evangelho Segundo Mateus como o Messias Prometido com farta referencia ao Velho Testamento para os Judeus.

- Evangelho Segundo Marcos apresenta Cristo como àquele que tem o poder paraLibertar os Homens do poder dos demônios e não doutrinar os demônios.

- Evangelho Segundo Lucas entra em detalhes minuciosos da Vida e Ministério de Cristo para responder qualquer dúvida.

- Evangelho Segundo João revela Cristo em sua intimidade, como pessoa humana e divina ao mesmo tempo, escreve para a Igreja Cristã.

                                   Assim se completa a Biografia autorizada de Cristo, isto convenceu aos demais apóstolos como Paulo, Pedro, Tiago, Judas, Filipe, Maria Madalena, Tomé e os demais não escrever mais Evangelhos e sim escreverem apenas algumas cartas a fim de endossar ainda mais os Evangelhos escritos. Por estarem completos sem precisar de nenhum acréscimo ou subtração.
                                   Se fosse necessário outro Evangelho com certeza seria o de Paulo, mas descarta-se porque Paulo auxiliou Lucas na Edição do Evangelho.
 
                                   Por esta razão o “Evangelho Segundo o Espiritismo” (Autor Alan Kardec?) é rejeitado pelos evangélicos. A obra é autentica? Quem pode nos garantir? Sua veracidade é questionada sempre que há oportunidade por ser composta de falhas e interpretações equivocadas. O Evangelho Segundo o Espiritismo” contradiz Novo Testamento e Principalmente o Velho Testamento, sem contar as contradições registradas dentro de si mesmo.  Distorce os Ensinos de Cristo, viola as Leis de Moises e rejeita os Profetas enviados por Deus.
                                   As Obras de Alan Kardec sempre são questionadas porque colocam em duvidas a Palavra de Deus, estas obras estão recheadas de heresias e deturpação da Mensagem de Cristo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

Curiosidades sobre Otavio César Augusto