Cristão pode exercer a função de Policial ou servir ao Exercito? Uma Resposta ao Alessandro Gregorute.



Será um cristão pode servir ao Exercito? Exercer a função de Policial? Levando em conta os Riscos da profissão, onde Matar ou Morrer é um dilema constante em ações militares, como exemplo disso subir ao Morro nas comunidades Cariocas, Paulista, Baiana, Paranaense...  Quando a policia tem que trocar tiros com bandidos, e soldados entram em campo de batalha prontos para matar ou morrer.  Diante de tamanha adversidade resta a pergunta: Pode um Cristão exercer a função de Policial ou servir ao Exercito?
                                               Primeiro aprendemos com Paulo que estamos debaixo da Lei de Deus e dos Homens e temos que obedecê-las.
Romanos 13:1 Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as que existem foram ordenadas por Deus.
2 Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus;
e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação.
3 Porque os magistrados não são motivo de temor para os que fazem o bem, mas para os que fazem o mal. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela;
4 porquanto ela é ministro de Deus para teu bem.
Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus,
e vingador em ira contra aquele que pratica o mal.
                    
                       Uma vez que temos que obedecê-las, desobedecer às leis dos homens é um pecado.  É lógico que não podemos ir contra a lógica e a razão contrariando a Lei de Deus.
                                               Rm 13:2 Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação. Servir as autoridades constituídas é um dever de todo aquele que se diz: cristão. Ninguém é obrigado a ser policial ou servir ao exercito, porém, mediante a lei todos tem o direito desde que atenda aos padrões estabelecidos. Numa guerra quando se chega ao extremo, os cidadãos civis são convocados para guerrear.  Neste sentido o Cristão sempre tem que está preparado para a guerra, pois o nosso descanso não é aqui, nem o Reinado de Cristo foi estabelecido ainda.  


                                 Direto ao Assunto: Cristão pode exercer a função de Policial ou servir ao Exercito Sim ou Não?

De acordo com a Bíblia Sagrada à resposta é Sim! Vejamos as passagens que servem de apoio:
·         O Centurião citado em Lucas, um homem de Guerra, cheio de fé, bondade...
Lucas 7:1 Quando acabou de proferir todas estas palavras aos ouvidos do povo, entrou em Cafarnaum.
2 E um servo de certo centurião, de quem era muito estimado, estava doente, quase à morte.
3 O centurião, pois, ouvindo falar de Jesus, enviou-lhes uns anciãos dos judeus, a pedir-lhe que viesse curar o seu servo.
4 E chegando eles junto de Jesus, rogavam-lhe com instância, dizendo: É digno de que lhe concedas isto;
5 porque ama à nossa nação, e ele mesmo nos edificou a sinagoga.
6 Ia, pois, Jesus com eles; mas, quando já estava perto da casa, enviou o centurião uns amigos a dizer-lhe: Senhor, não te incomodes; porque não sou digno de que entres debaixo do meu telhado;

comandante-policia-militar-cristao7 por isso nem ainda me julguei digno de ir à tua presença; dize, porém, uma palavra, e seja o meu servo curado.
8 Pois também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu servo: Faze isto, e ele o faz.
9 Jesus, ouvindo isso, admirou-se dele e, voltando-se para a multidão que o seguia, disse: Eu vos afirmo que nem mesmo em Israel encontrei tamanha fé.

Examinando o texto sagrado não encontramos nenhuma reprovação de Cristo, em relação a função do Centurião. Cristo não recomendou a abandonar a profissão, se fosse pecado um cristão ser soldado ou chefiar dezenas ou centenas de militares com toda a certeza, Jesus orientaria o mesmo a abandonar a profissão.

 Em encontro com a diretoria dos PMs de Cristo, Coronel Álvaro Camilo Sales falou da importância de se promover a espiritualidade e gravou mensagem para os congressistas da União dos Militares Cristãos Evangélicos do Brasil (UMCEB), que se reunirão em Belém do Pará 

·         Um Centurião chamado Cornélio

Atos 10:1 Um homem em Cesaréia, por nome Cornélio, centurião da coorte chamada italiana,
2 piedoso e temente a Deus com toda a sua casa, e que fazia muitas esmolas ao povo e de contínuo orava a Deus,
3 cerca da hora nona do dia, viu claramente em visão um anjo de Deus, que se dirigia para ele e lhe dizia: Cornélio!

Pedro não condenou a atividade militar do Centurião, que era soldado valente e disposto a matar ou morrer em defesa de sua pátria.


 O Soldado que estava como carcereiro tomando conta especialmente de Paulo e Silas na prisão, recebeu a seguinte instrução de Paulo: 

At. 16: 27 Ora, o carcereiro, tendo acordado e vendo abertas as portas da prisão, tirou a espada e ia suicidar-se, supondo que os presos tivessem fugido.
28 Mas Paulo bradou em alta voz, dizendo: Não te faças nenhum mal, porque todos aqui estamos.
29 Tendo ele pedido luz, saltou dentro e, todo trêmulo, se prostrou ante Paulo e Silas
30 e, tirando-os para fora, disse: Senhores, que me é necessário fazer para me salvar?
31 Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa.
32 Então lhe pregaram a palavra de Deus, e a todos os que estavam em sua casa.
33 Tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes as feridas; e logo foi batizado, ele e todos os seus.
34 Então os fez subir para sua casa, pôs-lhes a mesa e alegrou-se muito com toda a sua casa, por ter crido em Deus.

At. 16: 30 e, tirando-os para fora, disse: Senhores, que me é necessário fazer para me salvar?
31 Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa. Notamos que “Crer” no Senhor Jesus não requer abandonar o oficio militar, mas ingressar numa nova militância para o Reino de Deus.

II Timóteo 2: 1 Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus;
2 e o que de mim ouviste de muitas testemunhas, transmite-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.
3 Sofre comigo como bom soldado de Cristo Jesus.
4 Nenhum soldado em serviço se embaraça com negócios desta vida,
a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.
5 E também se um atleta lutar nos jogos públicos, não será coroado se não lutar legitimamente.
6 O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos.

                                               No Antigo Testamento encontramos vários oficiais que prestaram serviço ao Reino de Deus e foram recompensados entre eles Davi, Jefté, Josué...
                               No quesito “Matar” ao seu próximo, a Bíblia proíbe “Assassinar” (Êx. 20: 13), porém, podemos matar alguém por uma justa causa na última instancia; cito como exemplo disso a Legítima Defesa. 


Lembrando que Deus leva alguns títulos militares:


Jeová dos Exércitos
Capitão da Salvação;
General de Guerra... 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

GUERRA NA LÍBIA: IMAGENS E VÍDEOS FALAM POR SI