A Diferença entre Espírito e espírito?


   A Diferença entre Espírito e espírito?
 
                                   Deus nunca apelou para a insensatez humana, pelo contrário sempre foi contra a insensatez humana. Nem Deus, Nem Jesus Cristo e Nem o Espírito Santo embriaga, extasia, inebria, não arrouba pessoas para passar suas mensagens, não deixa ninguém em transe... Os mensageiros de Deus sempre estão sóbrios, conscientes.

“E não vos embriagueis com o vinho, em que há contendas, mas enchei-vos do Espírito”. (Ef.5:18)

ÿ   E Não vos embriagueis... O Verdadeiro mensageiro de Deus não se embriaga, nem bebe bebida inebriante, pois ele tem a responsabilidade de transmitir a mensagem de Deus sobriamente, consciente em perfeito estado de espírito, puro e não ingerindo impurezas [santo daime].

ÿ   Mas Enchei-vos do Espírito... Encher-se de Espírito e não de espíritos, o Espírito citado aqui se trata do Espírito Santo e não de outro espírito, o bom leitor da Bíblia percebe quando está escrito Espírito com “E” maiúsculo indicando o Espírito de Deus, e “e” minúsculo que indica outros espíritos, veja exemplos:

                             Nos textos abaixo ver-se as diferença entre Espírito e espírito na Bíblia Sagrada:
Espírito = Espírito de Deus
espírito =   outros espíritos: Humano ou demoníaco

“Porém, Moisés lhe disse: Tens tu ciúme por mim? Tomara que todo o povo do SENHOR fosse Profeta, que o SENHOR lhes desse o seu Espírito”. (Nm 11: 29)
 
         Moisés expressava o desejo de ver todo o povo de Deus Profetizando, mas nem todos têm o Dom de Profecia, pois somente é possível profetizar por intermédio do Espírito Santo. A Tentativa de prever ou revelar algo oculto através de outros espíritos chama-se Adivinhação. 

Quando, pois, algum homem ou mulher em si tiver um espírito adivinho ou for encantador, certamente morrerão; com pedras;
o seu sangue é sobre eles. (Lv. 20: 27)
                             A Adivinhação é exercida por influencia de espíritos demoníacos, quem dava lugar para esses espíritos malignos naquele tempo sofriam pena de morte mediante a Lei de Moisés.

Nem encantador de encantamentos, nem quem consulte um espírito adivinhante, nem mágico, nem quem consulte os mortos. (Dt. 18: 11)

                             Além das adivinhações, os Encantamentos, as magias e as consultas aos mortos eram exercidas sob o poder e a influencia de espíritos malignos, a Necromância era a manifestação de um espírito demoníaco disfarçando-se numa pessoa falecida fazendo adivinhações e revelando segredos.   

O Mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
 (Rm 8: 16)



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

GUERRA NA LÍBIA: IMAGENS E VÍDEOS FALAM POR SI