A Mulher que tinha fluxo de Sangue(Hemorrágica)


                               A Mulher que tinha o Fluxo de Sangue
                           Na multidão estava uma mulher oprimida com um terrível mal que lhe afligia há doze anos, estava desenganada da medicina depois que já havia gastado todo seu dinheiro e tudo que tinha. Trata-se de uma mulher enferma, considerada impura, diante da Lei de Moisés (Lv. 15: 25) e dos homens, sentia-se desamparada, desprezada. Enfrentava preconceitos por ser doente e devido a sua aparência anêmica. Devia ser solitária, acredito que não tinha marido, devido a sua doença não podia ter filhos, e nem manter relação com homem algum (Lv. 15: 20, 24) estava carente de tudo e de todos. Segundo a Lei Mosaica prescreve-se o seguinte:

“Também a mulher, quando manar o fluxo de seu sangue, por muitos dias fora do tempo de sua separação ou quando tiver fluxo de sangue por mais tempo do que a separação, todos os dias do fluxo da sua imundícia será imunda,
como nos dias da sua separação”. (Lv. 15: 25)

                             Doze anos, não são doze dias, mesmo se fosse seria muito constrangedor e incomodo. Durante doze anos ninguém podia tocar naquela mulher, se tocasse seria impuro o dia inteiro (Lv. 15: 19) quem se habilitaria a cuidar dessa mulher? Ela precisava se virar sozinha com sua doença durante anos e os que eram médicos cobravam um valor absurdo, ela teve que se desfazer de seu dinheiro e tudo que possuía. (Mc. 5: 25,26) veja a hermenêutica do texto:

Hermenêutica: Marcos 5: 25,26

“Ai chegou uma mulher que sofria com fluxo de sangue há doze anos, tinha padecido nas mãos de muitos médicos, gastou tudo o que tinha e,
invés em vez de melhorar, piorava sempre”.

Ai chegou uma Mulher que sofria com ... Pelo que tudo indica era do conhecimento de todos que ela era atormentada por causa de seu fluxo de sangue. Vivia em aflição, pelo incomodo. Só para você imaginar não havia água encanada naquele tempo, ou ela carregava água ou pedia alguém para carregar de graça ou mediante pagamento. Quem tocasse em sua cama precisava tomar banho, e ficava impuro até tarde (Lv. 15: 21)

... Fluxo de Sangue há doze anos... Imagine os danos causados no corpo daquela mulher com a perda de sangue, precisava de uma alimentação equilibrada, será que seus recursos eram suficientes para uma refeição diária rica em nutritivos. Quanta doença pode adquirir com constate perda de sangue? Este mal afligia esta mulher há doze anos.

...Tinha Padecido nas Mãos de Muitos Médicos... Sofrer dores físicas, morais, ser cobaia de novos experimentos. Padecer é o mesmo que sofrer Tormentos com Tratamentos ineficazes, Nas mãos de Muitos Médicos, avarentos, aproveitadores...

...Gastou tudo o que tinha... Fruto de seus trabalhos quando gozava de saúde perfeita, foram perdidos, caso tivesse heranças também havia perdido, estava desprovida de tudo.

...Invés de Melhorar Piorava... O Pior de tudo, Não Melhorava, pelo contrario Piorava ainda mais. Está estava aguardando a morte, sua única esperança era ao menos tocar em Jesus, para isso ela se esforçou e perseverou em se aproximar dele. É compreensível desta mulher não convidar Jesus para sua casa, segundo Lei de Moisés, tudo que ela tocar seria impuro, nesse sentido sua casa estava impura. (Conf. Lv. 15: 26) Como poderia sobreviver está Mulher sem o apoio do convívio social e sem o aval da Igreja. Todos desprezam a mesma por sua doença.

   Hermenêutica: Marcos 5: 23


Minha Filha está Moribunda... A Filha de Jairo estava jazendo a beira da morte, morrendo, ela estava em estado Agonizante. A Agonia da menina contagiava á todos, por verem a menina naquele estado sem ter condições de fazer nada. Provavelmente como a Mulher do Fluxo de sangue, Jairo também estava desenganado da medicina.


...Rogo-te que Venhas... Jairo suplica, que Jesus venha para ele, que Jesus venha a sua casa, venha para sua vida, um convite que Jesus não recusaria nunca. Jairo não estava preocupado com que os Fariseus e os outros diriam dele. Estava desejoso de ver Jesus entrar em sua casa.

 ...Imponhas as mãos para que Sare e Viva... Uma Fé madura, isto prova que Jairo já conhecia Jesus, ao menos de longe, e sabia que tinha poder para Curar sua Filha. Por Pior que fosse o estado de saúde de sua Filha, Jairo tinha certeza que no momento que Jesus impondo as mãos, a menina iria SARAR E VIVER. O Quadro de doença e morte seria troca por um     Quadro de Saúde e Vida. 





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

LULA É CONDENADO NA LAVA JATO