Ameaça Nuclear no Japão, Brasil, EUA, França e No Mundo- Entenda os Riscos


Ameaça Nuclear no Japão, Brasil, EUA, França e No Mundo- Entenda os Riscos

                             Como se não bastasse os Terremotos e Maremotos com seus efeitos barulhentos e catastróficos, o Japão enfrenta agora o Vazamento de Energia Nuclear, este é silencioso e tão letal quanto os maremotos. as Informações do Governo Japones são imprecisas, talvez com receio de causar ainda mais alarme na população sobre a gravidade do assunto. As areas em torno da Usina de Fukushima foram isoladas primeiro num Raio de 20km depois num raio de 30Km. 

                              


                           O Vazamento tem preocupado vários países do mundo e principalmente os mais próximos porque dependendo de como a meteorologia prever o clima a velocidade e direção do vento, esse vazamento pode atingir e contaminar outros países.

      A usina japonesa de Fukushima Daiichi, com localidade a 270 quilômetros do nordeste de Tóquio, onde três de seus seis reatores foram danificados por causa do terremoto, tem uma potência de 4.700 megawatts e é uma das 25 maiores do mundo.
                                O Japão ainda não terminou de contar seus mortos e nem sepultou seus entes queridos, estima-se que esse numero chegue a 12 mil. 
                          As conseqüências desse vazamento e explosões nucleares são terríveis e assombrosos, uma verdadeira ameaça não só ao Japão mas também ao mundo. 
                             É Hora de refletir sobre os Reais perigos oferecidos pelas Usinas Nucleares...

                                   No mundo todo existem 437 Reatores Nucleares em Usinas de 30 países (AIEA = Agencia Internacional de Energia Nuclear) a potência total de geração de energia dessas reatores em 2010 atingiam 370.187 Megawatts.  Outros 55 Reatores Nucleares com potencialidade de 50.855 Megawatts estavam em projeto para construção ainda em 2009. 

                                 Os Países com maior numero de Reatores Nucleares são os seguintes: 

1º - EUA com 104 Reatores com mais uma em construção
2º  - França com 59 Reatores mais uma em construção, 
3º - Japão com 54 Reatores Nucleares com mais um Reator em construção
4º - Russia com 31 Reatores com 09 em construção
5º - Coréia do Sul com 20 e 06 em construção
6º - Reino Unido com 19 
7º - Índia com 18 em 05 em Construção
8º - Canadá com 18 
9º - Alemanha com 17
10º - Ucrania com 15 e 02 em construção
11º - China com 11 e com estupendo número de 20 em construção

Na América Latina 

                            Brasil 02 Usinas Nucleares (Angra 1 e 2) caminhando para a terceira (Angra 3) o projeto é chegar a 07 Usinas até 2030 outras 02 Usinas seriam  no Nordeste e 02 no Sudeste.  
                         Na Argentina há 02 Reatores Nucleares e 01em construção e o México conta com dois Reatores.
                       O Presidente da Venezuela Hugo Chaves já suspendeu o Programa Nuclear da Venezuela, depois de ver as terríveis conseqüências no Japão. E Países Europeus repensam seus projetos Nucleares. Porém, o Brasil persistem em seus projetos.   

A Dependência da Energia Nuclear 
  1. A França é o país de maior dependência de energia nuclear, em 2008, com 419,8 terawatts por hora, cobriu 76,2% das necessidades energéticas do país.
  2. Bélgica com percentual foi de 54,8%
  3. Ucrânia 47,4%
  4. Suécia 42%
  5. Eslovênia 41,7%
  6. Japão com 24,9%
  7. EUA 19,7%
  8. Espanha com 08 Reatores Operacionais com dependência 18,3% dessa energia com uma potência conjunta de 7.450 megawatts.

Na America Latina 

Argentina  6,2% 
México      4,0%
Brasil         3,1% 

                     A Tragédia de Chernobyl não foi o suficiente para lideres mundiais se convenceram que as Usinas Nucleares é uma espada de dois gumes. O Japão sente isso na pele hoje, ao mesmo tempo que economiza uma serie de Recursos Químicos e oferece um elevado risco a população e danos irreparáveis ao Meio Ambiente.
                               No dia 26 de abril de 1986 uma experiência mal administrada somada a uma Usina Nuclear que não atendia as normas de segurança causou a explosão do quarto reator de Chernobyl, deixando um saldo de 31 mortos na explosão e centenas morreram após devido a exposição a Radioatividade, num grau 400 vezes maior que a Bomba de Hiroshima. 

                   Nos EUA a Usina Nuclear de Three Mile Island, na Pensilvânia corre o serio risco de derretimento, é o mais grave tipo de acidente nuclear. esse risco se deve a uma Bolha de Vapor que se formou dentro do Reator. Essa Bolha pode aumentar de tamanho a medida que as pressões internas forem relaxadas deixando o nucleo sem água para o resfriamento.  Autoridades norte americanas e especialista do mundo inteiro ainda não conseguiram resolver o problema. "Eles dizem" que o risco de contaminação ainda é pequeno.  
                                 Diante dessas  Tragédias resta-nos uma intrigante pergunta: Como estão o Nivel de Segurança de Nossas Usinas Nucleares? O Governo vai nos Omitir a informações  quando o Risco de Contaminação for de grande proporções?

 Como funciona uma usina nuclear?
Como funciona uma Usina Nuclear em Vídeo



Simulação da Explosão de Usina Nuclear 







                                 Somos contra a construção de novas Usinas Nucleares no Brasil e no mundo simplesmente por não haver essa necessidade realmente, já que dispomos de tantos Recursos Naturais. E pedimos seu apoio contra a Construção desses Reatores. 


Abaixo-assinado Contra Angra 3 e a Construção de 55 Novas Usinas Nucleares no Brasil


Para: Presidente da República Federativa do Brasil: 
Congresso Nacional do Brasil;
Supremo Tribunal Federal   


Pedimos por meio desta:
* O Fim da expansão do programa nuclear brasileiro;
* Suspensão da exploração de minério radioativo;
* O Fim do projeto de construção de 55 usinas nucleares no brasil à partir de 2011;
* Reestruturação do setor nuclear brasileiro para o uso seguro da energia nuclear com fins medicinais;
* Não construção da usina nuclear Angra 3;
*Investimento em geração de energias renováveis.
Estudo de 2006 da Universidade de São Paulo (USP)
       revela que serão necessários R$9,5 bilhões e mais seis anos para a finalização
             de Angra 3. Com um investimento menor, de R$7,2 bilhões,
seria possível construir um parque eólico com o dobro da capacidade de Angra 3,
       ou seja, 2.700 MW, em dois anos – sem produzir lixo radioativo,
        sem o perigo de contaminação e com as emissões de gases estufa quase zeradas,
          gerar 32 vezes mais empregos
        Lembrando que em 2003 Greenpeace e a Fundação SOS Mata Atlântica reuniram 50.000 assinaturas ]
            e nada foi feito pelo governo.
Que uma atitude seja tomada em resguarda da vontade da população brasileira.


Os signatários


Este abaixo-assinado encontra-se alojado na internet no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para abaixo-assinados (petições públicas) online.
Caso tenha alguma questão para o autor do abaixo-assinado poderá enviar através desta página de contato

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

Jackie Evancho chegou ao 1º lugar dos tops norte-americanos após o anúncio da sua participação na Posse de Trump