Crise na Líbia: Kadhafi só sai do Governo Morto?



As manifestações na Libia iniciadas em 14 de fevereiro de 2011 já parte para o sétimo dia consecutivo sob ameaças do governo e o crescente numero de mortes.   Este  numero é indefinido, mas uma coisa é certa este numero aumenta a cada dia, os números divergem entre 300 anunciados pelo governos incluindo 58 militares. E 640 anunciados pela Federação Internacional para os Direitos Humanos (FIDH). De um modo ou de outra é sinal de crise e o numero de mortos é alarmante já que o pais não está em guerra, isto é não está em guera contra outra nação, mas em guerra contra a Ditadura de Muammar Kadafi que já dura 42 anos.
                    Mesmo com tão elevado numero de mortes os manifestos continuam nas principais provincias do Pais, os milatares estão se dividindo entre Gadhaffi e os Manifestantes, e como disse o Senhor jesus Cristo todo o Reino dividido contra si mesmo não subsiste. A Ditadura Gadhaffi está ruindo a cada dia e o mundo assiste perplexo os estrondos. 
                 O Oriente Médio está em Estado de Alerta se a Ditadura de Hosni Mubarak caiu por força de movimentos populares, o que impede que a ditadura de Kadhafi venha cair? A Repressão! É exatamente isso que Gadaffi está procurando fazer reprimir o povo com tiros as esmo, e ceifando centenas de vidas. Mas para isso ele precisa do apoio maciço dos Milatares, é o que ele não tem mais, pois muitos estão aderindo ao Movimento anti-Kadhafi.   
                     O Epicentro das manifestações Benghazi ao leste da Libia foi registrado 230 óbitos, a capital da nação, Libia conta 275 mortos segundo a FIDH. Há fontes inseguras, mas não tão duvidosa que os numeros de vitimas são maiores do que os números divulgados oficialmente. 
Manifestantes içam a antiga bandeira da Líbia, pré-Kadhafi, durante protesto nesta quarta-feira (23) em Tobruk (Foto: AP)
Um Reino dividido 
Região Leste do Pais foi tomada por manifestantes, Kadhafi não é mais o governante por lá, o pais está se dividindo e sendo tomado aos poucos por militares e manifestantes que rejeitam o governo de Kadhafi, trata-se de uma guerra civil não declarada, mas que caminha a cada dia sem data prevista para terminar e com um final imprevisível.  Não se sabe se é verdade, o Governo Líbio alega que as manifestações orquestradas por elementos ligados a rede terrorista al-Qaeda, mas soa muito estranho já que a al-Qaeda não mexe com governos que fazem oposição aos governos norte americanos. 
MAPA LÍBIA VALE ESTE (Foto: Arte/G1)
                      Autoridades Internacionais já estão pressionando Muammar Gadhafi, no governo desde de 1º de setembro de 1961, o presidente frances Nicolas Sarkozy  já pediu a Europa para suspender laçoes econômicos com a Líbia e adote sanções contra o país, isto indica quebra econômica e perda de base para Kadhafi. As medidas de sanções estão sendo estudas hoje (23/02/11).
                  O Coronel Gadhaffi num discurso em rede de TV em tom ameaçador e de desespero disse que só sai do governo morto, e promete destruir seus opositores como se fosse ratos.
O poder subiu a cabeça de Kadhafi há muito tempo, pelo menos 42 anos, matar rato não é uma tarefa tão simples quando são milhares e milhares.  
                 A ONU através do Conselho de Segurança no dia 22 de fevereiro, pede: "Fim Imediato da Violência". Alguns Diplomatas estão se desligando de Kadhafi dando apoio as manifestações, o que aponta um serio risco para a ditadura Kadhafi, enquanto o filho de Kadhafi anuncia o risco de uma Guerra civil, o que de certo modo já está acontecendo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

IMAGENS E VIDEOS DOS TSUNAMIS (MAREMOTOS) QUE ASSUSTARAM O MUNDO

NAAMÃ E O VALOR EM REAIS DE SEU PRESENTE PARA ELISEU

GUERRA NA LÍBIA: IMAGENS E VÍDEOS FALAM POR SI